PRAGAS DO CACAUEIRO

PRAGAS DO CACAUEIRO

As pragas que atacam o cacaueiro estão divididas em dois grupos: as temporárias e as permanentes.
Temporárias - São aquelas que se apresentam em maior volume em determinados meses do ano. Exemplos:
Tripes (Selenothrips rubrocinctus). O ataque deste inseto provoca a clorose parcial ou total das folhas. O ataque do inseto é mais comum em área com pouca sombra ou diretamente exposta ao sol. O ataque nos frutos provoca o aparecimento de uma coloração amarronzada, conhecida pelo nome de ferrugem, que cobrindo o fruto, dificulta o reconhecimento do estado de maturação.
O combate a este inseto requer o uso de inseticida, utilizando-se a polvilhadeira manual ou motorizada, conforme os tipos de plantações.
Monalonion ou chupança (Monalonion spp). Suga a seiva dos ramos, folhas e dos frutos novos. Seu ataque também se dar nas áreas pouco sombreadas. O combate a este inseto requer o uso de inseticida.
Vaquinhas (Colaspis spp. Taimbenzinha theobromae e Percolaspis ornata). São pequenos insetos (besouros), que se alimental das folhas novas dos cacaueiros, provocando seu rendilhamento. Seu ataque também se dar nas áreas com raleamento de sombras. O combate a este inseto requer o uso de inseticida.
Broca-do-tronco (Xilosandrus morigerus e Theoborus villosulus). Este inseto dá preferência as plantas novas, ainda nos viveiros, e no campo nas plantas com até 02 anos de idade. A broca perfura o caule penetrando até o córtex, onde deposita os ovos, podendo se associar ao complexo fungo/inseto, provocando a morte do tecido parenquimatoso, determinando, se não houver controle, a morte do cacaueiro. O combate a este inseto requer o uso de inseticida.
Carneirinhos (Lordops aurosa, Lasiopus cilipes e Naupactus bondari). São besouros que danificam os cacaueiros, alimentando-se de suas folhas novas. O seu ataque é bastante intenso em áreas com pouca sombra, principalmente nas épocas de lançamento das folhas. O combate a este inseto requer o uso de inseticida.
Lagarta (Stenoma decora). Ataca os galhos, troncos e frutos da cacaueiro, roendo sua casca, provocando assim, a morte dos galhos. Conseguindo roletar a casca do caule em forma de círculo, pode causar a morte da árvore. Seu ataque também se dar nas áreas pouco sombreadas. O combate a este inseto requer o uso de inseticida.
Lagarta-de-compasso ou mede-palmo (Peosina mexicana). Danifica as folhas, e principalmente os frutos em desenvolvimento. O combate a este inseto requer o uso de inseticida.
Lagarta Enrola-folha (Sylepta prorogata). Estraga o limbo das folhas novas, que ficam enroladas ou justa-postas uma com a outra. Ataca as mudas ainda enviveiradas ou cacaueiros adultos.

Permanentes - São as que se fazem presente durante o ano inteiro, causando estragos a cultura do cacau.
Formiga-de-enxerto (Azteca paraensis bondarí). Vive em ninhos construídos no cacaueiro, ou outras ;arvores. Rói os renovos, folhas novas e frutos, causando emponteiramento; ao mesmo tempo cria e protege piolhos e plantas parasitas que também se alimentam do cacaueiro, reduzindo assim sua produção.
O combate a esta praga é feito em qualquer época do ano. Retira-se o ninho, cortando-o em vários pedaços e aplicando inseticida.
Formiga caçarema (Azteca chartifex). Também constroí seus ninhos nos cacaueiros, chegando a superar o peso de 30kg. é um inseto que cria e protege piolhos, cigarrinhas e pulgões, e se alimeta de secreções que aqueles produzem.
O Combate: Retira-se o ninho, cortando-o em vários pedaços e aplicando inseticida.
Formiga pixixica (Wasmannia auropunctata). São pequenas formigas que criam e protegem piolhos farinhentos que destroem os frutos novos, brotos e renovos. É temida pelos trabalhadores, face às suas ferroadas, que provocam dor e irritação na pele. Constroem seus ninhos no solo ou restos vegetais ao redor do cacaueiro. É combatida com aplicação de inseticidas diretamente no ninho.
Formiga quem-quem (Acromyrmex subterranneus brúneus). Constroem seus ninhos ao nível do solo, entre as raízes tabulares ou sobre algumas árvores em cima de gravatás. Estas formigas cortam as folhas e flores do cacaueiro, roem a casca dos frutos e renovas, prejudicando-os. O combate é feito abrindo o seu ninho e aplicando por cima ou no interior o inseticida indicado.
Saúva-da-mata (Atta cephalotes). e Saúva-da-mandioca (Atta sexdens sexdens). Esta formigas cortam as folhas do cacaueiros e as transportam para o ninho, para servir de alimentação ao fungo do qual se alimentam. Um formigueiro tem a capacidade de destruir de 100 a 400kg de folhas por ano. O combate é feito aplicando por cima ou no interior, o inseticida indicado.

e.mail: orlando@orlandocruz.com.br
 © agosto.2016 - orlandocruz.com.br - Todos os direitos reservados
Mais uma iniciativa: www.OrlandoCruz.com.br
FONTES: CEPLAC - Ministério da Agricultura e Reforma Agrária - Enxertia do Cacaueiro - 1998 - Manual Técnico - Pgs.01 a 42 -.